2018

Início de 2018

Após algum tempo de reflexão, e para o tão aguardado voto de novo ano, partilho convosco o sentimento que permanece.

Olhando a foto acima podemos apreciar as suas cores, a delicadeza do momento que emoldura e simplesmente atribuir a sua beleza ao último pôr do sol do ano de 2017.

Pois a minha proposta é: que se permitam ir mais além.

Que se permitam a olhar o lado iluminado e a forma da sombra em nuvem que parece cobrir o sol, numa espécie de encontro entre lado “negro” e lado da “força”, ambos parte de nós. Entre um mar intenso de emoções e um mar calmo de permanência que embala com a sua voz e pela possibilidade de transformação como aquela porque passam tantas coisas até ser areia.

O meu desejo… que se permitam a sentir todos os cheiros, que a pele se arrepie com o frio ou verta suor com o calor, que o desconforto da areia nos dedos possa também ser o conforto de uma sesta por ela abraçados. Que os opostos façam parte, e o meio também.

Desafiem-se a andar passo a passo, com tempo, num caminho por cada dia, cada semana ou cada mês, desenhando pequenos objetivos para cada um destes momentos. Objetivos que só o próprio pode construir e agir realmente, mesmo que magicamente atribua a um novo ano essa função.

Seja o seu ano novo e permita-se à surpresa de sentir os seus feitos, ao longo do calendário que vai marcando o ritmo.

Desejo-vos um 2018 em pleno.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s